RSS

Bullying: agressão moral que pode ser levada por toda a vida


Bullying: agressão moral que pode ser levada por toda a vida
Escrito por Cecília Zylberstajn   
Qua, 09 de Fevereiro de 2011 13:08
menina-bullyingO que é o bullying?

O bullying é uma agressão não necessariamente física, mas moral e emocional feita em geral por colegas, pessoas de relações simétricas e horizontais. É diferente de uma relação de abuso que é feito por quem está em uma posição superior, como um pai ou professor. O bullying geralmente acontece entre pessoas que estão no mesmo status que a pessoa, como um colega ou primo.

O bullying também pode englobar uma agressão física, não é só emocional e moral.

Qual o perfil de quem pratica o bullying?

Perfil é difícil de dizer. A pessoa que pratica o bullying, em geral, faz isso para se autoafirmar, para buscar aprovação de outros colegas. Ela tem problemas de autoestima, precisa se sentir bem porque tem alguém pior que ela. Ela não consegue se comparar com ela mesma.

E quem geralmente sofre o bullying?

Em geral pessoas mais tímidas, fechadas, mais isoladas socialmente.

Bullying só envolve criança ou pode ser considerado com adultos?

Em geral acontece mais com crianças e adolescentes, ou em idade de faculdade. Os adultos, na maioria das vezes, já encontraram outras formas de expressar suas emoções e conseguem se manifestar de outro jeito.

O que o bullying pode causar na vítima? Essas consequências psicológicas podem ser carregadas pelo resto da vida?

É uma situação traumática que a pessoa pode carregar pelo resto da vida se ela não tratar. Ela pode ter problemas de autoestima, de socialização, de depressão.

O bullying pode levar a um suicídio ou a um comportamento agressivo?

Pode. Há casos de pessoas que sofreram bullying e que se suicidaram. Um comportamento agressivo gera um comportamento agressivo na pessoa que sofre a agressão. Ou com ela mesma, em termos de se suicidar e se machucar, ou com os outros.

Alguns pais tomam uma postura indiferente em relação ao bullying, não dando atenção aos sentimentos da criança quanto à situação. Isso é correto?

O bullying é uma questão muito complicada de se tratar. Quando acontece na escola, tem as famílias, tem a vítima, tem a escola, os colegas. Então eles têm que envolver a escola para que ela tome as rédeas da situação. A pior atitude é o silêncio, é ignorar. Os pais precisam entender os sofrimentos dos filhos. Às vezes é algo que não se repete, mas às vezes a criança é alvo de agressões o tempo inteiro.

Mudar de escola resolve?

Depende do caso. Alguma atitude deve ser tomada, e cada caso precisa ser acompanhado por um profissional. Mudando de escola às vezes é bom porque as agressões terminam, mas a criança também pode sentir que ela está fugindo de problemas e se sentir fragilizada com isso. Mas isso depende de cada caso, é uma questão de acompanhar.

Tem como identificar?

Em geral a criança fica mais quieta, arisca, deprimida, agressiva. Qualquer mudança de comportamento visível dos filhos é sinal de alerta, porque pode ser bullying ou outro problema.

Como deve ser a atitude de um professor?

A pior reação é o silêncio. Quem cala consente. O professor tem que denunciar, deflagrar a atitude e levar o problema para a escola. Os alunos precisam saber que naquela escola aquilo não é permitido.

Ao ver uma situação de bullying, as outras crianças podem ser ‘contaminadas’?

Podem, sim. É que nem tem fumante passivo, nós podemos ser vítimas de traumas que acontecem com outras pessoas. A criança pode se sentir intimidada, pode se retrair, pensar que se aconteceu com outra pessoa pode acontecer com ela também. Do mesmo modo, ela pode ser influenciada a praticar o bullying com outras crianças.

Cecília Zylberstajn é psicóloga pela PUC-SP, psicodramatista e psicoterapeuta. CRP: 06 65279

About these ads

Sobre sérgio soares gomes

Sou médico formado na UFSM,atuo na área de clínica-geral, com atenção voltada às doenças crônicas-degenerativas.

»

  1. bully e umas coisas muitos feia que nao pode fazer

    Responder
  2. como a gente pode previnir o bullying!eu ja tive uma amiga que passo por isso ela ficava muito depremida,arisca e quieta como o senhor falo .tem tipos de bullying

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 132 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: